Amvali realiza entrega de importantes estudos aos municípios de Corupá e Massaranduba

Publicado em 27/05/2020 às 18:28 - Atualizado em 27/05/2020 às 18:32


Créditos: Amvali Baixar Imagem

Hoje, dia 27 de maio, é comemorado o Dia Nacional da Mata Atlântica. A data que tem como objetivo a conscientização sobre a necessidade de proteger e preservar o nosso bioma Mata Atlântica, é também, uma referência a 27 de maio de 1560, quando o Padre Anchieta assinou a Carta de São Vicente, documento no qual descreveu, pela primeira vez, a biodiversidade das florestas tropicais nas Américas.

Além de ser uma das regiões mais ricas do mundo em biodiversidade, a Mata Atlântica fornece serviços ecossistêmicos essenciais para os milhões de brasileiros.

E para comemorar esse dia, a equipe da Amvali realizou na manhã de hoje, a entrega dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica – PMMA, dos municípios de Massaranduba e Corupá.

O Plano Municipal de Conservação e Recuperação da Mata Atlântica foi instituído pela Lei Federal 11.428/2006, a Lei da Mata Atlântica, é um dos instrumentos de planejamento e gestão que o município pode adotar para promover o desenvolvimento sustentável.

O PMMA aborda o diagnóstico da vegetação nativa remanescente e a definição dos principais vetores de desmatamento. Bem como, a indicação das áreas prioritárias para conservação e recuperação da vegetação e ações preventivas aos desmatamentos.

Dessa forma, o PMMA tem como função promover a adequação das normas, políticas e ações municipais relacionadas à recuperação e conservação da Mata Atlântica e definir ações futuras, em favor da conservação do bioma. Além de fortalecer a gestão ambiental municipal e o Conselho Municipal de Meio Ambiente.

Como resultado dos diagnósticos dos planos, Corupá apresenta 63,4% de sua área coberta com vegetação nativa e 17,4% é utilizado para a bananicultura. Já em Massaranduba, 46,73% do território corresponde aos remanescentes de Mata Atlântica e 17,73% de rizicultura.

A diretora executiva da Amvali, Juliana Pereira Horongoso Demarchi, e a engenheira florestal da associação, Karine Holler, entregaram o plano municipal aos prefeitos de Corupá, João Carlos Gottardi e de Massaranduba Armindo Sesar Tassi.

Em Massaranduba, na ocasião, a Amvali também entregou o Diagnóstico Socioambiental aos secretários e autoridades presentes. O diagnóstico é um estudo que apresenta dados técnicos com aspectos físico-ambiental, socioculturais, econômicos, uso e ocupação do solo, áreas de risco e de interesse ecológico e ambiental. O estudo tem como objetivo auxiliar na organização do espaço público, na elaboração de novos projetos, além de contribuir na definição de políticas públicas para a área urbana consolidada do município.

Os materiais desenvolvidos pela equipe técnica da Amvali, envolveu geógrafos, geóloga, engenheiros civis e florestais e arquitetos.

 

 

 


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar
publish